71 3270.4100

OlimpĆ­adas CientĆ­ficas: por que participar?

Postada em Geral / Todos, 04 de Abril de 2018

SituaƧƵes de aprendizagem que acontecem para alƩm dos limites das salas de aula e contribuem para desenvolvimento dos estudantes.

As Olimpíadas do Conhecimento (ou Científicas) são competições intelectuais entre estudantes em âmbitos estadual, regional ou nacional nas quais os jovens têm a oportunidade não apenas de avaliar seu desempenho e conquistar medalhas, mas também de desenvolver novas habilidades e ampliar repertórios de experiências e saberes diversos. Em geral, as competições se dão através de avaliações teóricas (provas e produção de textos) e práticas. 
 
Trata-se de situações de aprendizagem que acontecem para além dos limites das salas de aula e podem contribuir de inúmeras formas para o desenvolvimento e amadurecimento dos estudantes. Possibilitam aos alunos vivenciarem alguns processos avaliativos com instrumentos diversificados, abordagens variadas, (re)organizarem-se através de grupos de pesquisa e estudos e intensificarem o tempo dedicado aos estudos. Por acreditar nisso, o Oficina tem tradição em investir no estímulo e preparação dos alunos para vivenciarem estas experiências tão enriquecedoras. 

O jovem Gustavo Kerner é ex-aluno do Oficina, medalhista de ouro na Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), da Unicamp, e atualmente cursa Administração na USP. Gustavo participou de diversas olimpíadas em diferentes áreas do Conhecimento durante sua trajetória escolar e acredita que elas são oportunidades valiosas para lidar com os conteúdos vistos em sala, de uma outra perspectiva: "Em geral são assuntos que você já dá em sala, mas não naquele estilo de vestibular. A gente é desafiado a pensar 'fora da caixa' e isso é bastante estimulante. Auxilia também na hora de escrever uma redação, estimulando outras formas de enxergar as questões, menos cartesianas, e ampliando nosso repertório". 

Para o professor de História Joel Nolasco, que só em 2017 trouxe dois ouros e dois bronzes para a Bahia na ONHB, as Olimpíadas do conhecimento têm a vantagem de estimular o estudo não apenas pela reprodução do conhecimento, mas fazendo com que o aluno busque a produção desse conhecimento, desenvolva sua autonomia a adquira habilidades e competências. "A OBNH", exemplifica ele, "é uma olimpíada de iniciação científica, que faz com que eles (os alunos) tenham que saber onde buscar a fonte, como verificar a fonte, avaliar a veracidade dessa fonte. Há a coleta de informações, associação de conteúdos, construção de análises comparativas, até que é pedida uma síntese, a partir da qual é preciso produzir conteúdo - textos - com base histórica. Tudo isso baseado em fontes de época. Não testa simplesmente o que o aluno já aprendeu, mas faz com que ele aprenda durante o processo, desenvolva habilidades". 

No Oficina, não há seleção prévia de participantes, exceto se o evento exigir quantidade limitada de inscritos. Acreditamos, de fato, que a experiência é válida e potencialmente enriquecedora para todo e qualquer aluno que se interesse, de modo que as oportunidades devem ser oferecidas de forma igualitária. 

Uma carga horária específica com a supervisão de professores das respectivas áreas (Química, História, Física, Biologia, Matemática) é destinada, no turno oposto ao das aulas, à preparação dos estudantes. Uma experiência que, ano a ano, vem rendendo não apenas medalhas e excelentes colocações, mas principalmente um incremento no desenvolvimento dos nossos alunos. 
 
Confira algumas Olimpíadas das quais participaremos em 2018: 
 
  • Olimpíada Brasileira de Matemática – OBMEP: Competição destinada a estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de todo o país. Possui duas fases: na primeira, há aplicação de uma prova objetiva. Na segunda, uma prova discursiva. Os jovens que se destacam recebem medalhas e menções honrosas. Site: http://www.obmep.org.br
  • Olimpíada Brasileira de Física – OBF: Destinada a estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental à 3a série do Ensino Médio de todo o país. Dividida em três fases, ocorre primeiro na própria escola. Nas 2 fases finais, é realizada em locais determinados pelos organizadores. São distribuídas medalhas e menções honrosas. Os primeiros colocados, além disso, participam de uma seleção para representarem o Brasil em Olimpíadas internacionais. Site: www.sbf1.sbfisica.org.br/olimpiadas
  • Olimpíada Bahiana de Química – OBAQ: Destina-se a alunos do ensino médio e tecnológico (até a terceira série), regularmente matriculados em escolas públicas e particulares do Estado da Bahia. É composta de duas fases: a Fase I, realizada internamente em cada escola, com critérios estabelecidos pelo professor/coordenador. Os estudantes mais bem classificados são inscritos na Fase II pelo professor da escola. A Fase II é realizada mediante prova escrita, aplicada simultaneamente no Estado da Bahia, cujos locais, data, horário, critérios e conteúdos são estabelecidos pela Coordenação da OBAQ. Site: http://www.obaq.ufba.br/
  • Olimpíada Baiana de Biologia – OBB: A Olimpíada Baiana de Biologia é uma atividade de extensão do Instituto de Biologia da UFBA, apoiada pela FAPESB (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia). Destina-se a estudantes do E.Médio de escolas públicas e particulares do Estado da Bahia. É composta de 2 fases: a primeira, na própria escola, com critérios estabelecidos pelo professor coordenador. A segunda, prova escrita, aplicada simultaneamente em diversas cidades da Bahia, cujos locais, data, horário, critérios e conteúdo são estabelecidos pela Coordenação Estadual da Olimpíada Baiana de Biologia. Site: http://www.olimpiadadebiologia.ufba.br/
  • Olimpíada Nacional em História do Brasil - ONHB : Elaborada pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É realizada por equipes compostas por 4 pessoas: 3 estudantes (oitavo e nono anos do ensino fundamental e qualquer ano do ensino médio) e o professor de história do colégio. São cinco fases online com duração de uma semana cada. A Olimpíada é virtual, as perguntas vão ao ar em datas determinadas e as respostas devem ser enviadas pela internet. Apenas a fase final, exclusiva para as equipes selecionadas, é presencial e ocorre em um final de semana na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na cidade de Campinas, São Paulo, junto à premiação. Site: https://www.olimpiadadehistoria.com.br/

-----
 

Notícias : Todos

Avisos e Circulares

Não perca nenhuma atividade. Clique e fique por dentro de todos os avisos

Atividades Culturais e Esportivas

Tudo sobre Esportes e cultura é aqui

Artigos e Links Interessantes

Veja aqui todos os artigos e links já publicados.

Fotos e Vídeos

Veja aqui todas as fotos e videos do dia-a-dia e eventos do colégio